Mercadona dinamiza mercado português

Conforme notícia em edição anterior do Observatório de Tendências, a Mercadona está a preparar a sua entrada no mercado português, já em 2019.  Dois anos depois de iniciar o seu projeto de internacionalização em Portugal, o Comité de Direção foi além da previsão inicial de 4 lojas e aprovou a abertura de 8 a 10 lojas no segundo semestre do próximo ano.

O anúncio de internacionalização da Mercadona foi feito em 2016, tendo sido Portugal o mercado selecionado. Desde então, a empresa dedicou-se a estudar e conhecer o mercado, os consumidores e os fornecedores portugueses sempre com a premissa “Em Portugal, queremos ser portugueses”. Foi graças a esta aprendizagem, aliada ao empenho da equipa da Mercadona, que o Comité de Direção aprovou a abertura de 8 a 10 lojas, no segundo semestre de 2019, indo além do objetivo inicial das 4 lojas, que irão estar localizadas nos distritos do Porto, Braga e Aveiro.

A empresa, em Portugal, tem a designação de IRMÃDONA SUPERMERCADOS, S.A e a sua sede está instalada no Porto. O investimento local inclui, até ao momento, um Centro de Coinovação, em Matosinhos – 1.000 m2 dedicados ao estudo dos gostos e hábitos de consumo dos clientes portugueses; e um bloco logístico de 50.000 m2, ainda em construção, na Póvoa de Varzim.

Atualmente, a Mercadona conta com cerca de 200 colaboradores portugueses e prevê a criação de mais 300 postos de trabalho.

Recorde-se que a Mercadona – designação fiscal IRMÃDONA SUPERMERCADOS, S.A – concluiu o seu processo de adesão à GS1 Portugal em julho deste ano.

Sede social de Irmãdona Supermercados S.A., no Porto