Retalhistas e fornecedores: prioridades alinhadas?

A 6ª edição do Estudo dos Níveis de Serviço Supply Chain do Grande Consumo, realizado anualmente desde 2013 pela GS1 Portugal, identificou o contraste de prioridades entre retalhistas e fornecedores.

Quatro áreas para melhorar a relação entre retalhistas a fornecedores

  1. Etiqueta Logística GS1-128

Esta norma acelera e simplifica os processos de receção, armazenamento, expedição e transporte de produtos em qualquer organização. A informação incluída nestas etiquetas deve ser decidida em parceria entre retalhistas e fornecedores.

  1. Troca Eletrónica de Documentos

Retalhistas e fornecedores anseiam pela completa integração da troca eletrónica de documentos normalizada, da encomenda à faturação. As mais-valias desta tecnologia só podem ser percecionadas com a utilização de todos os membros da cadeia de abastecimento.

  1. Atualização e alinhamento de bases de dados

O alinhamento de bases de dados ainda é uma preocupação comum entre as empresas. A duplicação do envio da informação de produto continua a ser bastante frequente. A solução será a utilização e subscrição dos dados mestre numa plataforma de sincronização, como a Sync PT.

  1. Colaboração

A colaboração já faz parte da estratégia de algumas organizações. Contudo, principalmente aos olhos dos fornecedores ainda há margem para melhoria. A disponibilidade e proatividade de ambos os lados da cadeia pode elevar uma simples reunião trimestral de partilha de resultados numa relação colaborativa focada em oportunidades de melhoria.