Para centros de distribuição

O código de barras da logística: GS1-128

O GS1-128 é o código de barras adequado para paletes e caixas.

Este código de barras contém informação essencial à identificação única e inequívoca e à rastreabilidade das unidades logísticas:

  • o Número de Série de Unidade Logística (SSCC – Serial Shipping Container Code), a chave de identificação GS1 que permite identificar e rastrear de forma única e inequívoca a unidade logística durante a sua “vida útil” (por exemplo, entrega no entreposto e desmanche)
  • os Identificadores de Aplicação (entre parênteses), que definem e caracterizam as sequências numéricas que aparecem à sua direita. No exemplo, são aplicados os identificadores para a referência global do produto “GTIN” (02), para a quantidade transportada na palete (37) e para o número de lote (10).

codigo-barras logistica gs1-128

(Exemplo de um código de barras GS1-128)

Para uma gestão logística eficiente, não basta o código de barras. É preciso a etiqueta certa

Quer controlar o fluxo de transporte e a gestão de unidades logísticas de uma forma automatizada e eficiente? Utilize apenas uma etiqueta na identificação das paletes ou caixas dos seus produtos em vez de várias etiquetas.

Diferentes soluções de identificação e de codificação implicam mais tempo no manuseamento das unidades logísticas em todos os momentos de gestão em armazém: receção, put-away, picking e expedição. Resultado: ineficiências, custos acrescidos, falta de agilização e, inclusive, menos satisfação dos clientes.

A solução: Etiqueta Logística GS1

A Etiqueta Logística GS1 é um modelo global de etiqueta para todos os agentes da cadeia de abastecimento – especialmente produtores, operadores logísticos e retalhistas.

A informação contida nesta etiqueta é completa e abrangente: não só identifica fornecedor, cliente e transportador (informação humanamente legível), como proporciona a todos os dados necessários à identificação e rastreabilidade das unidades logísticas (através do scan do código de barras para o sistema de informação).

 

 

Aplicabilidade da Etiqueta Logística e do GS1-128

  • Ativos: Paletes, caixas e outras unidades logísticas

  • Circuito: do produtor ao centro de distribuição/ armazém do retalhista

  • Benefício: rastreabilidade completa e automática ao longo da cadeia de abastecimento

 

Guia de Utilização

Guia de Utilização

Conheça as normas e as especificações de utilização da Etiqueta Logística GS1 no mercado nacional.


Como implementar?
  1. Ser associado da GS1 Portugal
  2. Solicitar a atribuição de um CEP – Código de Entidade Portuguesa.
  3. Criação da identificação da palete (SSCC), num formato de 18 dígitos, composto por SSCC + Referência da Palete + Dígito de Controlo.
  4. Criação da simbologia gráfica (barras) GS1-128 e codificação da informação complementar sobre o produto, através de software específico da empresa ou de um parceiro tecnológico.
  5. Construção da Etiqueta Logística GS1
  6. Impressão da etiqueta, através de hardware específico da empresa ou de um parceiro tecnológico.
  7. Envio de um exemplar para a GS1 Portugal, para verificação da sua correção
  8. Aplicação da etiqueta na unidade logística