Consumidores entusiasmados com questões ambientais

Uma nova era de Sustentabilidade está a crescer, e está presente em todas as esquinas do mundo. Os consumidores, de todo o tipo de mercados, estão empenhados em ser ambientalmente mais conscientes e estão a exercer o seu poder e voz face aos produtos que consomem. Mas, porque motivo esta alteração é tão urgente? Existem diferentes evidências que suportam este novo paradigma em que a Sustentabilidade se tornou uma questão de visa ou morte.

Fonte: Nielsen 

Problemas de saúde, como asma ou febre tifoide, tem vindo a ser relacionadas com a deterioração do ar e da água e, em casos extremos, à diminuição da função cerebral e morte. A Organização Mundial de Saúde estima que 12,6 milhões de pessoas morram, por ano, devido a problemas ambientais e que estes sejam ainda responsáveis por 25% das doenças nos países em desenvolvimento. Numa pesquisa online recente, a poluição do ar e a água estão no top of mind dos consumidores, mas, o fator geográfico, influencia o tipo de preocupações dos respondentes.

Fonte: The Conference Board® Global Consumer Confidence Survey, conduzido em colaboração com Nielsen Q2 2017

Face a estas preocupações, os consumidores de todo o mundo estão a reajustar os seus hábitos de consumo. À conveniência, preço e notoriedade junta-se a preocupação com o planeta e, por isso, procuram entidades que sejam suas parceiras nesta busca por um mundo melhor.

Esta preocupação é transversal a qualquer idade ou género, como vimos na notícia da Nielsen sobre Sustentabilidade.

As regiões com mercados emergentes de consumidores – muitos dos quais lidam diariamente com problemas ambientais – demonstram expectativas maiores quando compradas com os países desenvolvidos. Em busca de melhores soluções, não é surpresa que estes consumidores sejam mais exigentes com as empresas.

Fonte: The Conference Board® Global Consumer Confidence Survey, conduzido em colaboração com Nielsen Q2 2017

“Face á rápida urbanização e à crescente disparidade entre classes, muitas pessoas dos mercados emergentes estão a vivenciar a dura realidade da poluição desta era industrial pós-moderna”, afirma Regan Leggett, Diretor Executivo Thought Leadership and Foresight para os Mercados Globais da Nielsen.

“Como resultado, a Sustentabilidade tornou-se uma oportunidade urgente para as organizações como meio de criar uma maior proximidade com os consumidores que estão entusiasmados com esta mudança de paradigma”, conclui Regan Leggett.

Assim, as estratégias de Responsabilidade Corporativa e Sustentabilidade podem assumir diferentes formas nas diferentes partes do globo, mas uma coisa é certa: os consumidores estão a utilizar o seu poder para provocar a mudança que querem ver. A chave para as empresas se tornarem os seus parceiros ideias é perceberem quais são os mercados procurados e efetivar a mudança que os consumidores querem ver.