Sustentabilidade: tendência ou realidade?

A sustentabilidade é a capacidade de satisfazer as necessidades do presente sem comprometer as necessidades de gerações futuras.

Apesar de não existir uma definição concreta para o conceito de inovação em sustentabilidade, pode considerar-se como medidas de inovação que dão resposta a um mundo em constante mudança e disrupção tecnológica e que tem um impacto positivo no meio ambiente e sociedade, sendo rentável em termos económicos.

Foi desta forma que o Estudo de Níveis de Serviço Supply Chain (Logístico) da GS1 Portugal solicitou a opinião dos participantes sobre uma das maiores preocupações de empresas e consumidores: a sustentabilidade.

Nesta 7ª edição do Estudo, 30 fornecedores e sete retalhistas foram convidados a comentar esta tendência, já atual, e a falar sobre as ações sustentáveis que ponderam vir a implementadas, com enfoque na redução de custos e otimização do transporte.

Apesar desta ser uma realidade e de começar a estar presente em todas as áreas das empresas, a verdade é que ser sustentável não é linear. Como refere um dos retalhistas participantes no estudo, numa primeira fase, as empresas estão a tomar as medidas possíveis sem custos adicionais, “principalmente nos armazéns. Reciclar, encaminhar resíduos, reduzir/poupar energia, entre outras medidas”. Contudo, afirma “Ainda há muito que podemos fazer”.

Outra dos temas do dia é a redução do plástico e, nessa área, já são diversas as medidas tomadas. Quando falamos nas lojas, o mesmo participante afirma que “Vamos passar a apresentar sacos de papel para as compras e uma solução alternativa para a fruta. A pegada ecológica das lojas acaba por ser a mais visível e próxima do consumidor final”.

 

Também a otimização de transporte é uma preocupação que tem vindo a ser trabalhada para diminuir a pegada ecológica e, simultaneamente, permitir reduzir custos. Nesta área, dois outros retalhistas participantes partilharam as suas iniciativas.

Um desses participantes afirma, “Temos desenvolvido diversas iniciativas, desde aumentar as quantidades transportadas por palete e camião, ao backhauling[1] otimizando assim as viagens de retorno de loja por recolhas de mercadorias nos fornecedores e pelo contínuo planeamento de rotas de transporte”. Quanto às embalagens, “Estamos cada vez mais atentos ao embalamento dos produtos, pois será a etapa seguinte de otimização”.

Desta forma, e ao recolher a opinião sobre esta tendência, torna-se visível o trabalho das empresas em melhorar a sua pegada ecológica. Uma preocupação que é cada vez mais urgente face a  exigência dos consumidores na procura de empresas responsáveis  e empenhadas em melhorar o planeta.

Terminamos este artigo com uma visão sobre oito dos principais impactos que a inovação em sustentabilidade pode trazer às empresas e a todos nós, enquanto consumidores.

Fonte: AECOC

[1] Movimento de retorno de um meio de transporte que forneceu serviço de transporte em determinada direção.